Participe: 9195-1278 - Enviar mensagem WhatsApp

Cruzeiro entra com pedido de efeito suspensivo para ter Sassá na final da Copa do Brasil

O Cruzeiro tenta ter o atacante Sassá na finalíssima da Copa do Brasil. Nesta segunda-feira, o departamento jurídico do clube celeste entrou com pedido de efeito suspensivo junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para contar com o camisa 99 no segundo jogo da decisão, nesta quarta (17), contra o Corinthians, no Itaquerão.

Em julgamento na 5ª Comissão Disciplinar do STJD, na última quinta-feira (11), Sassá foi suspenso por seis jogos por ter desferido um soco no lateral-direito Mayke após a partida contra o Palmeiras, no segundo jogo das semifinais da Copa do Brasil, dia 26 de setembro, no Mineirão. O conflito começou depois do apito final. O resultado de 1 a 1 classificou o time celeste, que havia vencido no Allianz Parque por 1 a 0.

O pedido de efeito suspensivo foi encaminhado ao auditor João Bosco Luz. O Cruzeiro aposta no deferimento da solicitação, já que o Palmeiras obteve sucesso ao conseguir suspender a pena dos laterais Mayke e Diogo Barbosa, punidos com dois jogos de gancho no mesmo julgamento pelas confusões na partida disputada no Mineirão. Ambos foram liberados para enfrentar o Grêmio, no último domingo, no Pacaembu, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Assim como os laterais palmeirenses, Sassá foi denunciado e julgado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata sobre agressão física. O atacante celeste poderia pegar de quatro a 12 partidas de suspensão.

Caso o Cruzeiro tenha o pedido negado e Sassá não possa entrar em campo, o técnico Mano Menezes terá Barcos, Fred e Raniel como opções para o comando de ataque no Itaquerão. Como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, no Mineirão, o time celeste poderá empatar para ficar com o título da Copa do Brasil.