Participe: 9195-1278 - Enviar mensagem WhatsApp

Fábio diz que faltou ‘coerência’ da seleção uruguaia em não liberar Arrascaeta para decisão

O goleiro Fábio, do Cruzeiro, criticou a postura da seleção uruguaia em não dispensar o meia-atacante celeste Arrascaeta dos amistosos contra Coreia do Sul e Japão nos dias 12 e 16 de outubro. A convocação fez o atleta virar desfalque para os confrontos contra o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro, e Corinthians, pela decisão da Copa do Brasil.

Fábio foi categórico ao dizer que “a situação do Arrascaeta não foi favorável ao Cruzeiro. O clube sai prejudicado dentro dessa situação, por não ter a possibilidade de ter o jogador. A coerência seria a melhor forma de a seleção uruguaia analisar o quanto o clube precisa.”

No entanto, Fábio ressaltou a força do elenco para repor a perda. “Ficamos tristes por não ter a oportunidade de contar com o Arrascaeta, mas cientes de que o clube tem jogadores para a posição. Estamos bem tranquilos. O Mano tem total confiança em todos os jogadores e o grupo também.”

As partidas da final da Copa do Brasil, contra o Corinthians, serão disputadas nas duas próximas quartas-feiras (10 e 17). Por isso, o jogador vira desfalque no jogo de ida, no Mineirão. Para o confronto de volta, em São Paulo, a Raposa pretende contar com o jogador, que deverá desembarcar na capital paulista na tarde do dia da decisão.

Mais desfalque

Além de não contar com Arrascaeta, o Cruzeiro não terá o atacante Sassá, expulso no duelo contra o Palmeiras, pela seminfinal do torneio.