Participe: 9195-1278 - Enviar mensagem WhatsApp

Réveillon 2022: Florianópolis cancela show com queima de fogos

A Prefeitura de Florianópolis anunciou nesta segunda-feira (20) que não terá programação com queima de fogos no réveillon 2022. Segundo o prefeito da Capital, Gean Loureiro (DEM), a decisão leva em conta o surgimento da nova variante ômicron. Também não há condições de realizar o controle sanitário contra a Covid-19 no evento.

“Evento desse porte torna-se impossível um controle sanitário por parte da prefeitura. Mesmo se tivéssemos uma barreira física, não seria possível controlar o pessoal fora”, disse.

De acordo com Loureiro, o cancelamento não trará prejuízo para a prefeitura, já que nenhum contrato havia sido firmado para o evento. Os recursos, no valor de R$ 2,5 milhões, serão destinados aos programas de empreendedorismo na cidade.

A decisão do cancelamento ocorreu durante uma reunião com membros das secretarias de Turismo, Saúde, Cultura e Segurança Pública.

Uma avaliação com as agências de turismo, segundo o prefeito, mensurou que o cancelamento não impacta no setor, já que os hotéis estão com reservas esgotadas.

Em reunião, prefeitura de Florianópolis decide não realizar show de fogos no Ano Novo — Foto: Ana Vaz/Divulgação

Em reunião, prefeitura de Florianópolis decide não realizar show de fogos no Ano Novo — Foto: Ana Vaz/Divulgação

De acordo com a prefeitura, o cancelamento envolve apenas as apresentações que estavam previstas pela administração pública. As festas particulares, no entanto, devem respeitar o protocolo do Evento Seguro (leia abaixo), com a cobrança de passaporte da vacinação para eventos com mais de 500 pessoas.

Eventos cancelados

As comemorações do Ano Novo também foram canceladas pela gestão municipal em 2021 por conta da pandemia. Na última virada com a tradicional programação, em 2020, houve a queima de fogos na ponte Hercílio Luz e shows musicais em duas estruturas.

LEIA TAMBÉM:

Nas últimas semanas, a prefeitura realizou eventos de teste, com controle de público e obrigatoriedade da vacinação. Em 7 de dezembro, cerca de 200 músicos participaram da orquestra de baterias no centro da cidade.

No domingo (19), foi realizado um desfile de Natal na Ponte Hercílio Luz. Para a segurança do público, duas mil pessoas tiveram acesso às passarelas da estrutura. O restante do público acompanhou o evento em telões espalhados na região.

Desfile de natal aconteceu na noite de domingo (19) em Florianópolis — Foto: Prefeitura de Florianópolis/Divulgação

Evento de carnaval cancelado

Mais cedo, a diretoria do Berbigão do Boca também cancelou a festa que estava marcada para abrir o carnaval na cidade. Segundo a organização, a decisão ocorre por conta da indefinição sobre a pandemia da Covid-19.

O que é protocolo “Evento Seguro”?

O protocolo “Evento Seguro” é composto por outros três requisitos, além das regras gerais de proteção contra o coronavírus. A medida é obrigatória para que estabelecimentos e organizadores obtenham autorização para abertura de pista de dança ou realização de eventos de grande porte.

Veja os pontos que os organizadores devem adotar para a realização dos eventos seguindo o protocolo:

  • Público composto por pessoas imunizadas com esquema vacinal completo (com duas doses ou dose única) da vacina contra a Covid-19, ou pessoas que apresentem laudo de exame RT-qPCR realizado nas últimas 72 horas ou Pesquisa de Antígeno de SARS-Cov-2 por swab realizado nas últimas 48 horas com resultado “negativo, não reagente ou não detectado”. Em Florianópolis, o documento será cobrado até a implantação do “Passaporte da Vacina” previsto para o dia 16 de novembro.
  • Uso de máscaras de proteção individual, preferencialmente PFF2 ou N95 em ambientes indoor, para todos os participantes;
  • Estar contemplado no plano de manutenção, operação e controle (PMOC) os ambientes que possuírem sistema de climatização, garantindo a boa qualidade do ar, bem como a taxa de renovação do ar adequada de ambientes climatizados conforme resolução RE n° 9 de 16 de janeiro de 2003.

(Fonte G1)